quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

RETÓRICA

Cansada..
de esperar a retórica passagem das horas
inconformismo que não se amolda a nada
e, no entanto, é preciso gritar para
apaziguar a dor destes olhos insones.

O relógio marca o compasso apressado
dos homens que vivem o trabalho
e os livros já não me trazem mais
aquela sensação desconhecida de que
eu deixei de ser parte de algo maior
e ingressei no rol dos mínimos.

O relógio é um atroz mecanismo
que atinge lobos e formigas mesmo quando
estes desejam apenas caminhar e esquecer...
no máximo aquecer seus corpos peludos ou pequenos.

E eu queria apenas falar de nada
mas a teima da mente acaba sempre
me levando a tecer comentários fragmentados
sobre coisas invisíveis ou insignificantes.








5 comentários:

Lidiane Dutra disse...

Oi Adriane,

O texto já está no ar no meu blog: http://www.lidydutra.com/2013/02/conto-inspirado-em-awake-por-adriane.html
Não publiquei no Face ainda, pois é bloqueado aqui na FURG. Espero que goste.

beijos!

adriane disse...

Que legal. Irei ver agora mesmo Lidiane.
Posso copiar do teu blog para divulgar no meu blog?
Ou terás que em enviar o link?
Bem te fiz um convite pelo face para saber se gostarias de ilustrar essa minha poesia 'de momento'.
Se topares...
Beijo grande.

Lidiane Dutra disse...

Claro que podes pegar lá no meu blog, fiz uma imagem bem grande, para visualizar bem.

E seria um prazer enorme ilustrar esse texto, aceito o desafio! E já me veio uma imagem inspiradora na mente, vou começar a dar contornos Às minhas ideias... em breve te mostro!

beijos

Michelle Buss disse...

Gostei bastante, como de costume!

adriane disse...

Oi Michelle Buss.
Quanto tempo. Bom te ver por aqui.
Obrigada pelo comentário
Abraços